Como trabalhar em Portugal

Encontrar o emprego certo pode ser complicado em qualquer país, mesmo no seu país de origem. Se está a pensar mudar-se para Portugal, ou se já o fez poderá ter de encontrar trabalho.

A variedade de empregos disponíveis para expatriados em Portugal varia muito, dependendo das suas competências e da área em que pretende trabalhar, você também pode ir estudar em Portugal para  aprender um novo idioma.

Este artigo irá ajudá-lo a obter uma visão geral dos empregos para estrangeiros em Portugal e uma ideia dos empregos disponíveis em Portugal.

Ao trabalhar em Portugal, com certeza encontrará um ambiente competitivo, mas amigável. Se você planeja ficar no país por um longo período, aprender português é a chave para abrir suas oportunidades de carreira. Embora aprender esta língua possa ser difícil para alguns, lidar com a burocracia portuguesa será um desafio para todos.

 

Precisa se mudar para o exterior? Organizar uma transferência internacional não é algo que você deva fazer sozinho. Como expatriados, entendemos o que você precisa e oferecemos os serviços essenciais para ajudá-lo a se mudar e viver no exterior com facilidade. Entre em contato conosco hoje para dar início à sua mudança e começar os preparativos com nossa lista de verificação de realocação gratuita.

O mercado de trabalho português está a tornar-se cada vez mais favorável aos expatriados. Muitas empresas de tecnologia sediadas em Portugal acolhem funcionários de todas as partes do mundo e estes estão a aumentar a cada minuto.

Se não está na área das TI ou negócios online, é mais complicado entrar no mercado de trabalho português se não falar a língua. Isso é especialmente verdadeiro para indústrias mais tradicionais. Porém, o setor de turismo com certeza encontrará empregos para quem fala vários idiomas.

Nesta secção, abordamos como encontrar um emprego em Portugal, o salário médio no país e como é um dia e uma semana de trabalho típicos para quem vive em Portugal.

 

Ao começar a trabalhar no país, seja como trabalhador assalariado ou por conta própria, espera-se que você pague contribuições para a previdência social, que lhe concederão alguns benefícios em troca.

Primeiro, deixe-nos descobrir como conseguir um emprego em Portugal como estrangeiro para que possa vencer a concorrência. Em primeiro lugar, deve saber se é elegível para trabalhar em Portugal como estrangeiro.

 

Requisitos e elegibilidade para trabalhar em Portugal

Os cidadãos europeus não precisam de visto ou autorização de trabalho para viver e trabalhar em Portugal. Esses cidadãos precisam apenas cadastrar seu endereço na prefeitura e solicitar o número de contribuinte à Finanças.

Se você for cidadão de um país terceiro, precisará solicitar um visto com antecedência. Para isso, é necessário ter um contrato de trabalho ou promessa de um contrato de trabalho e solicitar uma autorização de residência uma vez no país.

 

Oportunidades de Trabalho em Portugal para Estrangeiros

Como está o mercado de trabalho português nos dias de hoje? O desemprego ainda está entre os mais altos da Europa e, com um forte mercado de trabalho de língua portuguesa, os expatriados estão em desvantagem.

O crescente número de empresas internacionais sediadas em Portugal tem facilitado o trabalho de expatriados no país. Oportunidades de trabalho nas áreas de TI, marketing e em outros empregos on-line e de tecnologia estão aumentando.

Os empregos no mercado imobiliário e no turismo são há muito tempo uma opção segura para expatriados. Para empresas de hospitalidade, falar inglês é obrigatório.

No entanto, como a maioria dos portugueses fala inglês razoavelmente bem, você pode querer ter outras línguas em seu currículo, como francês, espanhol ou alemão, que são altamente valorizados neste setor de trabalho. Você pode encontrar algumas oportunidades como professor de línguas também.

 

Independentemente da sua profissão, a forma mais segura de começar uma carreira em Portugal é, obviamente, arranjar um emprego antes de se mudar para o país, quer necessite de visto e autorização de trabalho ou não.

Você pode encontrar a maioria das oportunidades online. Também é provável que você encontre vagas de emprego nos sites da empresa.

Faça uma lista das empresas em sua área com as quais gostaria de trabalhar e fique de olho em suas páginas de recrutamento para saber se há vagas.

 

Como Candidatar-se a um Emprego em Portugal

A melhor forma de conseguir emprego em Portugal como estrangeiro é adaptar-se ao mercado de trabalho português: siga o seu estilo de currículo e saiba como proceder em entrevistas e eventos de networking.

 

Dicas de CV em português

O CV mais comum em português é dividido em três seções. Você tem seus dados pessoais no topo, seguidos por sua experiência profissional mais recente e seus graus e qualificações mais recentes.

Posto isto, pode escolher a estrutura que melhor se adapta ao seu percurso profissional e que valoriza as suas competências específicas. Apenas certifique-se de manter as dicas a seguir em mente.

Curtos currículos são apreciados uma página deve ser suficiente para demonstrar que você se encaixa em uma posição. No entanto, outras posições podem exigir que você estenda alguns detalhes técnicos, caso em que seu currículo pode ter duas páginas, mas nunca mais do que três.

Comece com seus dados pessoais. Isso inclui seu nome, nacionalidade, data de nascimento e sua cidade de residência. Não há necessidade de incluir o estado civil ou seu endereço completo. Incluir uma foto também depende de você alguns recrutadores aconselham incluir uma, pois torna o currículo mais pessoal, mas isso é uma questão de escolha. Inclua seus dados de contato e links para suas redes sociais profissionais, como Xing ou outros.

Continue com sua experiência profissional, com a mais recente primeiro. Não se esqueça de listar as funções do trabalho e incluir apenas os cargos relevantes.

A terceira seção deve ser sua educação e qualificações, novamente em ordem cronológica inversa.

Informações opcionais: você pode listar suas habilidades físicas e pessoais, se desejar. Quanto aos hobbies, você pode incluir alguns se forem relevantes, mas mesmo assim, eles devem ser reduzidos ao mínimo.

Caso não fale português, você deve enviar seu currículo em inglês ou no idioma que for necessário para o cargo.

 

Dicas para cartas de apresentação

As cartas introdutórias não são obrigatórias, mas isso, é claro, depende da vaga de emprego e do seu campo de trabalho. Posições de trabalho mais técnicas podem não exigir uma carta de apresentação, enquanto trabalhos que envolvem comunicação podem exigir uma.

 

Referências e qualificações exigidas

Normalmente não são necessárias referências, mas, como sempre, preste muita atenção às especificações do formulário de emprego, pois alguns recrutadores podem solicitá-las.

Se você não tiver certeza se precisará de uma, é sempre uma boa ideia manter uma ou duas cartas de recomendação à mão e fornecer os detalhes de contato de um colega de confiança que possa atestar em seu nome.

Em geral, você não precisa comprovar suas qualificações, pelo menos ao se candidatar a uma posição. Se você passar para outras fases do processo de recrutamento, poderá ser solicitado a fornecer seu diploma ou outra prova de suas qualificações.

 

Dicas para Entrevistas

Os portugueses dão muita importância à apresentação. Em caso de dúvida, use um código de vestimenta um pouco mais formal para as entrevistas. Dito isso, preste atenção à cultura da empresa.

Os recrutadores estão se dirigindo a você de maneira formal ou informal? Se você está se candidatando a uma startup, é seguro presumir que o código de vestimenta será mais casual.

Se você estiver dando entrevistas pessoalmente, use um aperto de mão firme ao se apresentar. A forma padrão de cumprimentar com dois beijos na bochecha não é apropriada em um ambiente profissional.

Quanto ao networking, você descobrirá que é uma ferramenta poderosa na hora de procurar emprego no país. Assim que estiver baseado aqui, certifique-se de encontrar colegas e potenciais empregadores em eventos relevantes para o seu setor.

Você sempre pode participar de um evento da InterNations, para conhecer alguns expatriados que já trabalham no país e que podem te ajudar a encontrar sua comunidade, seja ela profissional ou pessoal. A InterNations tem uma comunidade no Porto, Lisboa e Cascais.

Comentários