3 dicas para auxiliar no cuidado com os dentes de uma criança

Desde pequenos somos ensinados a escovar os dentes, usar fio dental e enxaguante bucal após cada refeição para manutencionar a saúde e evitar a propagação de bactérias.

Apesar desses serem bastante conhecidos, também existem outros cuidados que devem ser reforçados desde a infância para garantir uma maior saúde bucal. 

Neste artigo separamos três dicas para auxiliar no cuidado com os dentes de uma criança. 

Mostre que a tarefa é importante 

É comum que as crianças enxerguem o hábito de escovar os dentes com uma tarefa chata por ser uma obrigação.

Contudo, se os responsáveis conseguirem transformar esse momento em algo divertido e de distração, enfatizando a importância desse hábito, a criança pode se sentir mais estimulada a realizá-la. 

Em qualquer âmbito da vida os pais são os espelhos das crianças e, por isso, é importante que as crianças vejam os seus responsáveis escovando os dentes. 

Dessa maneira, pode ter certeza que a criança seguirá o exemplo de priorizar e manter uma boa saúde bucal em dia.

Se o responsável realizar visitas frequentes a um cirurgião dentista, levar a criança junto a essas consultas também pode trazer resultados positivos para a saúde dental da criança. 

Quando somos pequenos, é muito comum sentirmos medo do desconhecido e, quando não vamos ao dentista acabamos dando espaço a nossa imaginação, que pode tornar esse momento tão importante em um cenário de filme de terror. 

Mesmo que as visitas sejam por motivos simples, como curiosidades sobre uma lente de contato dental, quando o responsável leva a criança ao dentista ela consegue aproximar essa relação, evitando traumas ou medos futuros. 

Nesse momento também é essencial o apoio e presença dos pais, além do trabalho de um profissional especializado no público infantil, de modo a ir trabalhando esse hábito de maneira mais tranquila e saudável.

Ensine a escovação correta

Quando pequenas, as crianças necessitam de um adulto para realizar todas as atividades do cotidiano e escovar os dentes é uma delas. 

Nos dois primeiros anos é comum que a escovação venha a ser realizada pelos responsáveis, mas é importante que a escovação correta seja reforçada e ensinada todos os dias. 

Somente desta maneira, quando a tarefa de escovar os dentes for de responsabilidade da criança, ela conseguirá realizar a função com perfeição e exatidão. 

Ao ensinar a escovação correta, não ensine apenas a importância de utilizar pasta de dentes e a escova, mas reforce principalmente o uso do fio dental, do tempo e movimentos da escovação, além do uso do enxaguante bucal.

O fio dental é o melhor aliado para a saúde dos dentes, principalmente para aqueles que fazem uso do aparelho ortodôntico transparente ou tradicional.

Isso porque o aparelho pode segurar uma quantidade maior de resíduos de comida, ou interferir na regulação salivar, por exemplo.

No caso do aparelho tradicional, a escova de dentes não consegue acessar entre os dentes com facilidade e apenas o fio dental pode realizar essa função. 

Mesmo para quem não faz uso deste item as cerdas apresentam dificuldade em limpar esses espaços com a profundidade necessária.

Assim, ao enfatizar esse hábito desde a infância e a sua importância, no futuro a probabilidade dessa criança realizar a tarefa com qualidade, auxiliando na manutenção da saúde bucal, é muito maior.

Reforce uma alimentação saudável

A alimentação também influencia diretamente na saúde dos dentes. Para se ter uma ideia,  alguns alimentos são ricos em ferro e cálcio, o que reforça a estrutura dos dentes.

Também é importante evitar o uso excessivo de doces e guloseimas, isso porque eles são os principais vilões da saúde bucal.

Balas, pirulitos e chicletes aumentam as chances do surgimento de cáries ou doenças gengivais, como tártaro e gengivite. 

Em casos mais avançados, em que as doenças bucais evoluíram muito, é necessário o uso de um implante dental para recuperar a efetividade da mastigação após a perda de um dos dentes.

Esse procedimento ainda contribui de forma efetiva para a recuperação da autoestima.

As crianças gostam de consumir doce, é normal e faz parte da fase de crescimento. Contudo, é importante que o consumo desses alimentos seja realizado de maneira moderada e com a higiene bucal adequada e realizada em seguida. 

Apostar em doces caseiros ou derivados de frutas, como doce de maçã, mousses e pudins é a melhor opção, levando em conta que você saberá os ingredientes que estão presentes. 

Para não inibir completamente os doces da vida da criança, após as refeições importantes deixar que ela consuma um doce pode ser uma boa estratégia. 

Não se esqueça de reforçar a importância de escovar os dentes em cada uma das refeições. Além disso, a escovação deve ser realizada 30 minutos após os alimentos serem ingeridos. 

Mesmo quando a tarefa da escovação está sendo realizada apenas pela criança, é importante acompanhar todos os dias esse processo, garantindo o aprendizado.

É importante estar atento inclusive para crianças que fazem uso de aparelho ortodôntico..

Vale destacar neste ponto que os modelos móveis e o aparelho dental transparente devem ser retirados no momento da escovação e a sua higienização deve ser feita a parte.

Isso porque, devido ao material e a possibilidade remoção demanda uma escovação mais cautelosa e específica. Isso ocorre principalmente no modelo transparente, que é feito de uma material um pouco mais delicado.

Dê início às consultas em clínicas ou consultórios odontológicos o mais breve possível, não apenas para que a criança acompanhe o responsável, mas para que as avaliações pessoais dela também sejam realizadas.

A orientação é que as visitas em um dentista ocorram no mínimo duas vezes ao ano, para evitar problemas dentais e possíveis impactos futuros no sistema cardiovascular, que podem ser desencadeados por problemas bucais.

Colocando essas dicas e orientações em prática, você garantirá uma maior saúde bucal das crianças, resultando em adultos com sorrisos saudáveis para toda a vida.

Conteudo produzido por Dayane Goes, redatora da empresa Vue Odonto.

Comentários