8 sinais de um bebê saudável

Você se pergunta se o seu filho está comendo o suficiente, dormindo o suficiente e se preparando para todos esses marcos importantes do seu desenvolvimento? 

Nesse artigo vamos listar 8 sinais fáceis de identificar que provam que o bebê está feliz e saudável.

Mesmo que você tenha saído da maternidade com ele todo vestido com aquela linda Saída de Maternidade e tenha medo de não saber nada sobre recém-nascidos, depois de algumas semanas com seu queridinho, você começa a ouvir a diferença entre seu choro de fome e de cansaço. Você sabe como ele prefere ser embalado e arrotado. Você fica mais confiante sobre suas habilidades parentais. Se não fosse pelo cansaço e pela sobrecarga hormonal, você sentiria que tudo estava sob controle.

Mas basta um pensamento pequeno e paranóico – Meu bebê está comendo o suficiente? Todo esse choro é incomum? – e você pode facilmente cair em uma espiral de preocupação ansiosa. Você procura amigos e pergunta: “Ele parece bem para você?” Eles dizem que sim, mas ainda assim, você não pode deixar de se preocupar.

Então você procura no Google um milhão de coisas e lê frases reconfortantes e vagas: “Bebês saudáveis ​​exibem uma ampla gama de comportamentos, aparências e temperamentos.”

A pergunta é: como você sabe se seu bebê está feliz e se desenvolvendo normalmente? Para ajudar a tranquilizá-lo, reunimos uma lista de indicadores a serem observados que provam que um bebê está bem.

1 – O bebê acalma ao seu toque e com o som da sua voz

O que prova: vocês têm um bom relacionamento

Recém-nascidos choram e bastante – E não, só falar com seu bebê provavelmente não vai fazer as lágrimas cessarem. Porém, sua voz foi a trilha sonora de seu tempo no útero, então deve ser algo que geralmente chame sua atenção.

Depois que eles nascem, ouvir sua voz, ser envolvido e embrulhado em swaddle, carregado no colo e sentindo o calor do seu corpo, tudo isso imita aquele momento de paz.

Quando seu filho se acalma com a sua presença, esse é o primeiro passo para se relacionar com você e um sinal claro de que ele está se desenvolvendo bem emocionalmente.

2 – Você está trocando de 8 a 10 fraldas molhadas por dia e ele está ganhando peso

O que prova: ele está recebendo leite suficiente, mesmo que mude a quantidade de leite que ele bebe. Se você está amamentando, como pode ter certeza de que seu bebê está bebendo leite materno suficiente? A prova está nas fraldas molhadas.

É importante acompanhar as consultas do seu bebê para que o pediatra possa avaliar se o seu bebê está crescendo. Entre as idas ao médico, fraldas molhadas são o melhor sinal de que ele está mamando bem. Confie nesses indicadores em vez de ficar obcecada com o quanto ele consome em cada refeição. Os bebês não comem a mesma quantidade todos os dias, nem mesmo todas as mamadas. O importante é que o peso aumente com o tempo.

3 – O bebê fica quieto e atento pelo menos algumas vezes por dia

O que prova: ele está começando a aprender

Essas primeiras semanas serão marcadas por mamadas (aproximadamente a cada 2 horas) e sono (cerca de 16 horas por dia, mas apenas algumas horas seguidas). Entre tudo isso, há choro – e muito pouco mais. Só quando o bebê começar a controlar os músculos dos olhos e a se concentrar em um alvo (você acima de tudo) é que você terá uma noção da pequena esponja que tem nas mãos.

Quando os bebês estão quietos e alertas, eles estão observando tudo ao seu redor e processando todos os tipos de novas informações. Os bebês começam a ficar mais acordados quando têm cerca de 1 mês de idade. É quando eles podem se acalmar brevemente e absorver mais pistas visuais.

4 – O bebê se volta para novos sons e escuta

O que prova:  sua audição está se desenvolvendo e seu cérebro está discernindo sons

Os bebês são capazes de ouvir desde o nascimento, mas leva algumas semanas para que eles sejam capazes de filtrar o ruído branco da existência diária fora do útero. 

A ideia de que alguns sons são mais interessantes do que outros (o rugido abafado do ar condicionado não é tão importante quanto as gargalhadas repentinas de uma irmã mais velha) se desenvolve com o tempo. O som da música, em especial, acabará chamando a atenção de um bebê, seja de um brinquedo ou de seu aparelho de som.

Depois de ver seu bebê reagir ao som procurando a fonte, você saberá que seus ouvidos estão saudáveis ​​e ele está ficando curioso para saber o que está ouvindo.

5 – Ele olha para padrões, cores e movimentos

O que prova: a visão dele está melhorando e o cérebro está se desenvolvendo

Você não pensaria que a capacidade de fugir enquanto olha para um ventilador de teto seria um sinal de progresso, mas é. Os bebês nascem com uma visão de cerca de 20/100, e eles podem ver entre 20 e 30 centímetros de distância – a distância entre o rosto do seu bebê e o seu quando você o está alimentando.

Por 1 mês, ele pode ver até 45 centímetros de distância. E aos 2 meses, a maioria dos bebês começa a rastrear padrões, cores brilhantes e objetos que giram, como um celular ou ventilador. Eles não têm visão de cores perfeita ou boa percepção de profundidade, razão pela qual cores contrastantes tendem a chamar sua atenção.

6 – Ele faz contato visual, sorri e flerta com as pessoas

O que isso prova: seu bebê está se tornando uma criatura social – e feliz

O primeiro momento de contato visual com seu recém-nascido geralmente ocorre quando ele tem um mês de idade, o primeiro sorriso por volta dos 2 meses, arrulho aos 3 meses e riso por 4 meses – e nenhum desses marcos chega um momento antes do tempo.

Todas essas interações mostram que seu bebê está se conectando com você e se tornando mais consciente do que está ao seu redor. Em algum nível, ele entende que as pessoas interagem mais com ele quando ele se comporta de uma maneira socialmente envolvente. Quando o bebê chega aos 5 meses, ele quase tem que sorrir quando alguém sorri para ele, como se fosse um reflexo.

Todos esses comportamentos são indicadores importantes do desenvolvimento inicial da linguagem. Os bebês usam a linguagem corporal, incluindo contato visual e expressões faciais, muito antes de poderem falar. É um precursor da comunicação com palavras.

Quando seu filho murmura e balbucia, ele está testando suas cordas vocais, seu bebê realmente vai começar a conversar.

7 – Ele chora um pouco menos e dorme mais regularmente

O que isso prova: seu sistema nervoso está amadurecendo

Você sente aquela mudança quase imperceptível nas rotinas de seu bebê? Tipo, há um vislumbre de uma rotina? Você conseguiu sair do rolo compressor recém-nascido!

Isso é o resultado de seu sistema nervoso aprendendo. Observe o surgimento de vários cochilos por dia dentro daquele pijama infantil bem quentinho e trechos de 4 ou mais horas entre as mamadas à noite. Alguns bebês chegam lá rápido; outros não o farão até os 4 meses ou mais. Se seu bebê for mais velho do que isso e ainda comer e dormir em horários imprevisíveis, tente programar seus dias com mais rigor. 

8 – O bebê pode suportar seu próprio peso corporal

O que isso prova: esses minúsculos músculos estão ficando mais fortes

Muitos bebês erguem a cabeça brevemente – tão brevemente! – em 1 mês. Por volta dos 3 meses de idade, eles costumam fazer isso com mais regularidade e com mais habilidade. Se o seu bebê consegue manter a cabeça erguida ou se mexer em seus braços, você sabe que ele está flexionando os músculos que estão crescendo.

Para ajudá-la, certifique-se de que ela está passando um tempo de qualidade fora do carrinho ou do assento do carro. O tempo de barriga para baixo, no chão, pode ajudar especialmente a acelerar o desenvolvimento de diferentes músculos, incluindo aqueles que permitem que ele role ou sente-se sem ajuda.

Estudos comprovam que os bebês que não tiveram a chance de se exercitar com o tempo de barriga para baixo tendem a rolar, sentar e engatinhar mais tarde do que o normal.

Esperamos que após você ler esse artigo se sinta mais calma e confiante de que seu bebê está crescendo saudável e feliz.

Não esqueça de deixar seu comentário e compartilhar esse texto em suas redes sociais.

Comentários